Design de Superfície/Surface Design

Pesquisa por Carlos Nathansohn para informação aos internautas interessados no assunto.

 

DESIGN

 

Definição Geral
Apresenta-se o conceito de "Design" definido pelo órgão internacional competente, que é o International Council Design of Societies of Industrial Design/ICSID, conceito também adotado pelo Programa Brasileiro de Design:

"Design Industrial é uma atividade criativa cujo objetivo é determinar as propriedades formais dos objetos produzidos industrialmente. Por propriedades formais não se deve entender apenas as características exteriores, mas, sobretudo, as relações estruturais e funcionais que fazem de um objeto (ou de um sistema de objeto), uma unidade coerente, tanto do ponto de vista do produtor como do consumidor. O Design Industrial abrange todos aspectos do ambiente humano condicionado pela produção industrial."

Segundo a profa. Evelise Anicet Rüthschilling, 2006, do NDS-Núcleo de Design de Superfície da UFRGS-Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Design de Superfície é uma atividade técnica e criativa cujo objetivo é a criação de imagens bidimensionais (texturas visuais e tácteis), projetadas especificamente para a constituição e/ou tratamento de superfícies, apresentando soluções estéticas e funcionais adequadas aos diferentes materiais e processos de fabricação artesanal e industrial.

 

As áreas de atuação são: têxtil (estamparia, tecidos planos, malharia, rendas, tapeçaria, tecelagem), papelaria (papéis de parede, papéis de embrulho, painéis em grandes formatos), cerâmica, vidros, materiais sintéticos e imagens digitais (sites, vídeos, games, etc.)

 

Quanto mais estudamos, mais identificamos aplicações do design de superfície em diversos setores da atuação humana. É um campo em permanente expansão que acompanha o desenvolvimento da sociedade, permeando outros campos do design e transitando por dimensões virtuais e concretas. Design de Superfície pode ser considerado uma modalidade relativamente nova de design no Brasil, sendo pouco tratado em nível universitário. A pesquisa "Design de Superfície: integração entre Arte, Tecnologia e Indústria", desenvolvida desde 1997 pela profa. Evelise Rüthschilling, tem como objetivo gerar um corpo de conhecimento sobre esse assunto.O designer de padrões contínuos precisa ter o domínio sobre os efeitos causados na composição pela repetição, além dos elementos conhecidos da linguagem visual como o ponto, a linha, a forma, textura, cor, direção, etc. que compõem seu projeto.

 

O conceito de "repetição", no contexto de Design de Superfície, é a organização dos elementos formais contidos no desenho em unidades ou módulos, que se repetem em intervalos constantes de acordo com um sistema determinado, gerando um padrão. É um pré-requisito importante ao designer de superfície, a compreensão da repetição tanto como recurso técnico como possibilidade expressiva, pois muitas vezes na repetição do módulo surgem diferenças visuais inesperadas e interessantes, provocando um diálogo com o seu criador.

DEPOIMENTOS DE ESPECIALISTAS
 

Renata Rubim, designer gaúcha:
"Design de Superfície é todo design bidimensional que não tenha comprometimento com o Design Gráfico. A ênfase não necessariamente deve ser na repetição. Em um projeto de parede, um projeto qualquer de mural, pode ser um trabalho artístico ou de Design de Superfície. A diferença, para mim, está na autoria. Se tiver sido projetada por um artista, seu produto será artístico, se o autor tiver sido um designer, o resultado será um design."

Zorávia Bettiol, artista têxtil:
"Acredito, que no momento em que o homem, no alvorecer de sua vida neste planeta, criou uma forma de maneira aleatória ou organizada, ele estava criando o Design de Superfície. Estas formas podem ter sido simples ou complexas, pintadas ou gravadas, e a superfície pode ter sido a areia da praia, as superfícies das pedras, as cascas das árvores, o seu próprio corpo, o trançado das cestarias, a cerâmica, os seus utensílios, ferramentas e os tecidos, assim como os acessórios e ornatos que o embelezavam. O Design de Superfície encontra o homem desde o paleolítico aos dias atuais, em todos momentos de sua vida pessoal, privada e pública, em toda sua complexidade."

 

Fontes:
UFRGS-Universidade Federal do Rio Grande do Sul

NDS-Núcleo de Design de Superfície

Profa. Evelise Anicet Rüthschilling
http://penta.ufrgs.br/~evelise/DSuper/conceit.htm

http://www.nds.ufrgs.br/usoteorico/ds_principio_basico.php

 

Renata Rubim, designer gaúcha
Zorávia Bettiol, artista têxtil

 

Surface Design Association
http://www.surfacedesign.org/

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Design_de_superfície

Em 2007 o artista esteve na UFRGS, em seminário promovido pelo NDS-Núcleo de Design de Superfície.

Arte Original

Rapport

Sapos Brasileiros Darwinistas

© 2016 Traços do Brasil by Nathansohn